Uma Igreja Modelo em Gestão de Pessoas

Categoria:

Estudos Bíblicos

15/11/2015

Pr. Maurício Franzatto

UMA IGREJA MODELO EM GESTÃO DE PESSOAS

Em uma sociedade pós-moderna, em que sistemas e máquinas cada vez mais ganham espaço, nunca se preocupou tanto com o que fazer com uma peça fundamental neste contexto: o ser humano.

Empresas e organizações buscam, freneticamente, Programas de Motivação, Projetos de Qualidade de Vida, Treinamentos para o Trabalho em Equipe, etc., muitas vezes sem sucesso, pois existe sempre uma luta entre a obtenção de lucros e a necessidade e interesse das pessoas.

Ninguém melhor do que a Igreja para atender a esta necessidade, cuidar do indivíduo, já que o seu principal foco são pessoas transformadas.

Por este motivo, gostaria de refletir com você sobre como seria uma Igreja Modelo em Gestão de Pessoas.

Atração

Embora negligenciada por muitos, que oferecem facilidades e promessas de “uma vida melhor”, a Mensagem do Evangelho, as Boas Novas, continua mais do que nunca viva e eficaz, e muitos querem, sem saber, participar desta organização sólida, perene e promissora que é a Igreja de Cristo.

Portanto, o primeiro passo para ser modelo em gestão de pessoas é anunciar a Mensagem do Evangelho de Jesus Cristo, que é simples, porém, poderosa e transformadora.

Nesta fase, não há nada de mal em utilizarmos as ferramentas de marketing sem, contudo, ferir os princípios do Evangelho. Jesus se mostrou perito nisto!

Informação

Muitas empresas realizam com seus empregados recém-admitidos um Programa de Integração.

Nele, o novo colaborador conhece um pouco da história da empresa, seus produtos e serviços, sua missão, visão e valores, além de alguns dos seus principais executivos.

Também, a Igreja que deseja ser modelo em gestão de pessoas deveria aplicar um processo semelhante, onde tópicos similares aos acima descritos seriam passados às pessoas que estão chegando, proporcionando uma integração muito mais rápida e efetiva.

Mostrar sua história, seus valores, seus líderes e seu propósito na comunidade na qual está inserida ajuda aos novos ou potenciais integrantes saber “onde estão pisando”, se estão alinhados à visão desta igreja e se poderão ser bênçãos e abençoados nela.

Pessoas certas nos lugares certos

Após integrar as pessoas, um trabalho de descoberta dos talentos de cada um deveria ser implementado, visando, com isto, direcioná-las para aquilo que sabem e podem fazer para o bem da coletividade.

Isto faz com que se sintam úteis e reconhecidas, além de serem produtivas e este sentimento é um dos melhores para qualquer pessoa. Ninguém gosta de se sentir inútil.

Como disse, o líder que assim proceder estará praticando o reconhecimento, algo que muitos buscam, mas poucos têm. Não é raro ouvirmos pessoas se queixando de que não são reconhecidas ou valorizadas em suas igrejas.

Todos nós possuímos talentos que podem ser usados para a glória de Deus!

Treinamento e Desenvolvimento

O desenvolvimento do potencial de cada indivíduo, desde o conhecimento das Escrituras, bem como de música, teatro, cidadania, dentre outros, é papel da Igreja que quer ser modelo em gestão de pessoas.

Também o desenvolvimento das lideranças, que é crucial para o bom desempenho dos diversos ministérios e departamentos da Igreja.

Programas de Treinamento e Desenvolvimento contínuos devem fazer parte do calendário de uma Igreja Modelo.

Avaliação de Desempenho

Falar em Avaliação de Desempenho em uma Igreja é um tabu a ser vencido, mas gostaria que você, líder, pensasse seriamente sobre o assunto.

São inúmeras vezes que o Senhor aplicou este conceito nas Escrituras. Veja dois exemplos: Juízes 7, quando de 32 mil homens só restaram 300 e em João 15, Jesus nos dá outro exemplo de Avaliação de Desempenho.

Querido líder, não deixe que pessoas sem compromisso ou despreparadas, que não comunguem da mesma visão que Deus um dia lhe deu, estejam na liderança do povo que Deus lhe confiou. Você prestará contas!

Qualidade de Vida

O estresse é uma dos males do século 21 mais preocupantes.

Os noticiários mostram a crescente onda de violência que nos ronda, onde pessoas, aparentemente comuns e pacatas, cometem atos de extrema brutalidade, os quais nunca imaginaríamos.

Isto porque o ambiente em que vivem é propício. Pessoas à beira de um ataque de nervos pelos inúmeros problemas que as afligem. Muitos são solitários em meio a multidão.

Ao contrário, na Igreja, não só os ensinamentos, mas o clima emana harmonia, amor, participação, aceitação e, conseqüentemente, o enlevo da auto-estima. Já dizia o sábio: Mentes sãs, corpos sãos.

Já ouviu aquele ditado: Quem canta, seus males espantam?! Imagine quem canta para Deus?!

A Igreja Modelo deve ser acolhedora, família, integradora e vibrante. Deve pensar em programas para todas as idades, visando dar opções saudáveis frente às que nos são oferecidas pelo sistema.

Cuidado

Você já ouviu falar em CRM – Customer Relationship Management, o termo inglês que significa Administração do Relacionamento com o Cliente? Pois bem. Eu sou defensor de um Programa de MRM – Member Relationship Management, ou seja, Administração do Relacionamento com o Membro.

Nele o líder deveria ter todas as informações possíveis sobre o membro de sua comunidade, tais como: histórico de vida, família, formação escolar, profissão, hobby, talentos, dificuldades, solicitações que já fez, etc.

De posse deste conhecimento, além da atualização constante, de acordo com os acontecimentos, pode-se cuidar melhor desta pessoa.

Este conhecimento dará subsídios para diversas ações que possam ser tomadas em relação ao membro. Treinamento, oração, assistência social, aconselhamento, utilização em ministérios ou eventos extras, dentre muitas outras.

É improvável que um pastor de uma Igreja de 1.000 membros, por exemplo, saiba de tudo o que acontece com estes, mas com a ajuda de líderes que forneçam as informações necessárias de seus liderados, isto pode ser possível, caso um programa desta natureza seja colocado em prática.

É claro que em um único artigo não poderíamos discutir sobre todo este assunto que é tão vasto, mas a minha real intenção é motivá-lo a pensar mais sobre o mesmo e implementar ações que farão de sua Igreja um Modelo em Gestão de Pessoas, para a glória do Senhor!

Pr. Maurício Franzatto

Categoria: Gestão de pessoas

Fonte: Instituto Jetro  www.institutojetro.com

Enquete

O que você achou do nosso novo site?

Vote

O que você achou do nosso novo site?

Fechar

Bíblia online

Estudos bíblicos

“Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.”. Com essas palavras, escritas em Mateus 6.33, Jesus nos deixa claro a importância de O buscar em primeiro lugar. Encontre aqui reflexões e palavras que irão te abençoar nesta caminhada diária.

Estudos Bíblicos

A Igreja Batista Projeto Família é uma igreja direcionada à restauração e cuidado da família, que é a célula-mãe da sociedade.

Nossa missão é levar as pessoas a cultivarem um relacionamento com Deus ao invés de uma religião, provendo conhecimento e oportunidades para que estas entendam a vontade de Deus para suas vidas: “Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda sua alma e de todo o seu entendimento”. Este é o primeiro e maior mandamento!

Programação